Quem paga a conta?

Ontem foi dia de aniversário cá em casa. E mesmo não estando o aniversariante presente, o dia é sempre de celebração. O dia de nascimento de um filho é seguramente um dos mais importantes da vida dos pais, e tem de ser bem festejado.

Continue reading “Quem paga a conta?”

Anúncios

O Natal são as pessoas. Feliz Natal!

 

Nas minhas memórias de criança, e certamente nas de muita gente, o Natal, a par da data de aniversário, demarca-se de todas as outras festividades, e é lembrado como a época mais feliz do ano. Uma época de ingenuidade e encantamento, em que o Pai Natal descia pela chaminé, na madrugada do dia 25, e nos fazia despertar bem cedo para receber, numa felicidade sem par, coisas simples mas preciosas, presentes de amor.

Continue reading “O Natal são as pessoas. Feliz Natal!”

Banofee Pie

Esta é uma sobremesa inglesa muito conhecida, que casa na perfeição dois ingredientes bem diferentes, banana e toffee (caramelo). Muito simples de confeccionar, é deliciosa e perfeita para qualquer ocasião. Nos últimos anos não tem faltado na nossa ementa de Natal, por isso a trago nesta altura.

É relativamente recente, tendo sido criada em 1971 por Nigel Mackenzie e Ian Dowding, proprietário e chef, respectivamente, do restaurante Hungry Monk em Jevington, East Sussex, no Reino Unido. Os criadores indicam ter desenvolvido a receita com base numa receita americana, e combinam banana, leite condensado cozido e chantilly, sobre uma base de bolacha triturada e amassada com manteiga.

Seguindo a receita, podemos dar asas à imaginação e conferir-lhe o nosso toque pessoal, sem desvirtuar o original.

Fica a minha receita.

INGREDIENTES

1 lata de leite condensado cozido

2 pacotes de natas

75 gr açúcar em pó

1 pacote de bolachas de manteiga, de aveia ou de fibra sem açúcar, conforme o gosto. Pessoalmente gosto de fazer os meus próprios biscoitos, usando uma destas receitas  que trituro depois.

100 gr de manteiga

Sumo de limão q.b.

4 bananas

canela ou raspas de chocolate q.b.

PREPARAÇÃO

Trituram-se as bolachas/biscoitos, junta-se 100gr da manteiga amolecida, envolve-se bem, deita-se o preparado numa forma de tarte, e leva-se ao forno a alourar um pouco.

Retira-se do forno.

Cortam-se as bananas às rodelas, e juntam-se umas gotinhas de limão envolvendo bem (para as bananas não escurecerem).

Batem-se as natas com o açúcar até fazer chantilly. Roubo sempre o máximo de açúcar possível nesta parte porque o conjunto dos ingredientes já tem bastante.

Bate-se um pouco o leite condensado cozido, e envolve-se com 3 ou 4 colheres de chantilly para o tornar mais leve.

Deita-se o leite condensado por cima das bananas, e por último o chantilly, que deve estar bem firme.

Polvilha-se a gosto com canela, raspas de chocolate ou deixa-se simples.

Nota1: Em vez de adicionar as bananas cruas levo-as ao lume a alourar um pouco. Numa frigideira anti-aderente junto um pouco de manteiga (muito pouco), deito as bananas às rodelas, e alouro ligeiramente de cada lado, polvilhando de seguida com canela. O sabor fica um pouco diferente, mas mais agradável ainda.

Nota2: Em vez da base com bolacha triturada, podemos confecionar a nossa base: 150gr de farinha de trigo, 75gr de manteiga, 50gr de açúcar amarelo, 1 colher de chá de açúcar baunilhado, 1 ovo. Amassar tudo junto e levar ao forno em tarteira para cozer.

D75CE783-6980-4537-A61F-207191FA1ED6

Bom apetite!

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

Desorientações

Fluir, Viajar e Escrever

Steff's World - A Soma dos Dias

Um blogue para quem gosta de ler. Ofereço crónicas, contos, histórias de vida...

passaporte no bolso

Blogue de viagens | Tudo sobre viagens, viajar e viajantes. Embarque connosco nesta aventura!

Joana a Terapeuta... e a Mãe!

Terapia da Fala combinada com a Maternidade

Viagens e Passeios

Blog de Viagens - Travel Blog

Raquel Varela

Historiadora Labour Historian

SAFIRA '18

Festival de Artes na Paisagem